segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Etiqueta nova!

Hello, people!






Já faz um tempo que não coloco nada novo, né? Mas, a espera será recompensada!

A verdade é que não coloquei nada no blog nesses últimos tempos porque... entrei em regime (já perdi 2kg!). E todo mundo sabe que é duro estar de regime e cozinhar coisas deliciosas! Mas esse tempo todo o blog ficou martelando na minha cabeça, até que eu resolvi fazer receitinhas lights bem gostosas! A de hoje é um peixe, de novo, mas é tão fácil e gostoso que não dava pra deixar passar. Logo coloco uma receita de pão caseiro, super, hiper fácil e o melhor, sem carboidratos!

Vocês vão perceber que uma das etiquetas cita o regime Dukan, que esta entrando na moda agora e que é bem interessante porque é o único que, se seguido à risca, promete não voltar engordar depois. Pra resumir, ele se divide em 4 fases: 

  1. Fase de Ataque ou fase das proteínas puras (PP) - em um período de 2 à 5 dias você só pode comer proteínas (carnes em geral, menos porco e carneiro; derivados do leite com 0% de gordura ou desnatados e ovos.) e pra dar uma mãozinha pro intestino, 1 1/2 c.s. de farelo de aveia por dia. E isso tudo, sem açúcar, obvio, né? 
  2. Fase Cruzeiro ou fase das proteínas e dos legumes (PL) - você vai continuar comendo as proteínas mas vai acrescentar alguns legumes (tem uma lista pra saber quais são permitidos), só que vai alternar os dias assim: um dia só proteína, outro dia proteína e legumes. Dia sim, dia não, até chegar no peso que você quiser. 
  3. Fase da Consolidação - aos poucos os alimentos antes proibidos vão voltando à sua alimentação e essa fase tem uma duração de 10 dias por 1kg perdido! Ou seja, se vc perdeu 10kg, bom... 100 dias nessa fase! 
  4. Fase da Estabilização - dura pro resto da vida e a única condição é fazer 1 dia só de proteína por semana (o Dr. Dukan fixou as quintas-feiras). 

O mais legal, pros compulsivos, é que você pode comer à vontade e na hora que quiser nas 2 primeiras fases. O importante é não passar fome. As duas ultimas fases são as mais importantes. São elas que vão te ajudar à não voltar engordar depois.






Esse foi um resumo bem resumido!!! A dieta é mais complexa que isso, nunca comece um regime sem saber se ele corresponde ao seu caso e sem entender como ele funciona direito. Então, se alguém ai resolver fazer o regime, leia o livro "Eu não consigo emagrecer" do Dr. Pierre Dukan! (olha a propagandaaa)

Mas, vamos à receita:


Cabillaud en papillote















Ingredientes






  • 1 filé de peixe branco (de preferência do mar), eu usei Cabillaud
  • Suco de um limão
  • Wasabi (a pimentinha verde japonesa)
  • Sal e pimenta-do-reino
  • Pimenta rosa (ela não é ardida, é só pra "perfumar" o peixe)
  • Alecrim
  • Papel aluminio, grande o suficiente pra enrolar o peixe, tipo uma bala








Preparo







  • Pré-aqueça o forno à 180°C - fogo médio.
  • Tempere o peixe com o wasabi, o sal, a pimenta e o limão.
  • Abra a folha de aluminio e disponha o peixe.
  • Cubra com algumas bolinhas de pimenta rosa e com um ramo de alecrim.
  • Coloque pra assar durante 15 minutos.

Ao abrir, tome cuidado, pois o peixe perde um pouco de agua e ela vai estar BEM quente!

Dá pra fazer o molho esperto de iogurte que ja falei em outros posts: 2 colheres de sopa de iogurte natural, mostarda de dijon (ou mostarda escura), ervas-finas ou tempero verde.


Por hoje é tudo!
Um abraço, um beijo e um queijo (com 0% de gordura!)

B.

4 comentários:

  1. oba! receitinha light! hehe vou ter q aprender a cozinhar com essa! ah e tb virei fa do abacate, mto bom!! :) bjos, mel.

    ResponderExcluir
  2. Tá com uma cara boa esse peixe! Deve ter ficado uma delícia.
    Cabillaud é o bacalhau fresco?

    ResponderExcluir
  3. Sim, Cabillaud é o bacalhau fresco! (muito melhor fresco, inclusive!)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails