quinta-feira, 1 de julho de 2010

Saudações, nulos e menos nulos desse mundão!
Esse post é uma novidade! É a primeira colaboração aqui no Pré-aquecido.
E o melhor é que foi escrito por um profissional da cozinha, o Chef Chico.
Não percam as dicas importantissimas que ele tem pra dar:
Bom apetite,
Bruna



Quando fui convidado (ok, na verdade me convidei) para escrever sobre cozinha, comida, gastronomia para o novo blog da Bruna passei algum tempo pensando por onde começar e a resposta foi óbvia: pelo começo. Não estou falando em fritar um ovo ou selar uma carne. Neste primeiro momento vou falar sobre a base da cozinha, sobre o que é preciso ou interessante saber ao entrar em uma. Vamos, além das técnicas, trocar dicas, truques e macetes. Para começar seguem alguns pontos cruciais:


  • Concentração, talvez o mais importante dos pontos ao começar a cozinhar é estar sempre atento e concentrado ao que está fazendo, você conseguirá o melhor resultado, alem de evitar dedos cortados ou mãos queimadas.
  • Segundo ponto e talvez nem fosse necessário citar, é a higiene. Preocupe-se em trabalhar em uma superfície limpa e tenha o maximo de cuidado com a limpeza e o armazenamento dos alimentos (principalmente os perecíveis). Um dado técnico, alimentos perecíveis expostos a temperatura superior a 8°C e inferior a 60°C estão mais sujeitos a proliferação de bactérias.
  • Outra dica é, se possível, usar tabuas separadas para cada tipo de alimento (evite contaminação cruzada). A tabua ideal para manuseio é a de polietileno, aquelas placas brancas que vemos nos açougues.
  • Organização. Antes de começar a cozinhar faça o seu mise en place, este termo que vem do francês significa: posto no lugar ou por no lugar. Ou seja, separe todos os ingredientes, pique o alho, pele os tomates, fatie a cebola... deixe todos os ingredientes da receita preparados, assim você otimiza o seu tempo e evita descobrir no meio de um preparo que você não possui ovos o suficiente para finalizá-la.


Não importa se você vai preparar um omelete ou a receita de um clássico boeuf bourguignon (pessoalmente acho um bom omelete mais difícil), na cozinha, nada se faz sem os acessórios certos. Uma boa panela, uma faca afiada e uma frigideira são alguns dos itens básicos. Mas é preciso outros equipamentos para ter uma cozinha completa. Mas, o que vale a pena comprar e o que realmente será usado? O melhor jeito de descobrir essa resposta está na prática, vai variar com seu gosto.




Os cinco itens essenciais para sua cozinha



1. Tábua de corte – Nada de cortar os ingredientes na bancada ou dentro de prato. Ter a superfície ideal ajuda no trabalho, sem falar que não prejudica a faca. Fique atento ao tipo de material da tábua.
2. Faca – Posso dizer sem muitas dúvidas que é o item mais utilizado dentro da cozinha. Você precisará cortar, picar e aparar quase tudo! Uma boa faca de cozinha (ou chef, do chef, como alguns dizem), quando bem cuidada, vai acompanhá-lo bastante. Existem vários tamanhos, mas as de 6 e 8 polegadas são as mais usuais. Eu  uso uma de 10 polegadas da marca suíça WENGER, excelente custo beneficio quando se fala das marcas top, mas não aconselho 10 polegadas para principiantes as de 8 são perfeitas. Uma outra faca essencial e a de oficio aquela pequenina, para trabalhos mais delicados. E uma chaira para manter o fio das facas.
3. Frigideira – Compre qualquer coisa menos aquelas finas de alumínio. Escolha uma de aço-inox, se for toda de camada tripla melhor ainda, mas não chega a ser uma característica mandatória. Sendo toda de metal poderá levá-la ao forno para terminar um prato. Será útil para carnes (selar medalhões), finalizar pasta (macarrão), refogar os mais diferentes tipos de vegetais… as possibilidades são infinitas. A faixa de tamanho (em diâmetro) varia de 20 a 30cm, sendo que a de 20 pode ser muito pequena, mas a 30 é relativamente grande. Fique entre a de 24 ou 26cm.

4. Panela grande – Tenha pelo menos uma com, no mínimo, 5L de capacidade. E uma menor para preparar as guarnições (acompanhamentos).
5. Colher ou mexedor –A Colher de pau e terminantemente proibida no Brasil, pela ANVISA (Agencia nacional de vigilância sanitária) aqui na França. Na Suíça ainda não. Então use as espátulas de silicone, colheres de polietileno ou um fouet (batedor de arame)… Afinal, você vai precisar de alguma coisa para mexer toda essa comida, não?


foto: www.green-pan.com


Ok, é isso! Semana que vem me apresento, só me lembrei disso agora. Depois mando uma receita e continuamos com utensílios e equipamentos


Até Chico Gouveia (Chef Chico)

2 comentários:

  1. Clarice Rangel20/07/2010 16:00

    Sucessooo !!!
    Vi o blog pelo facebook do chico, que sou fã eternamente...
    sucesso para o blog e parabens pela ideia
    Bjus
    Clarice Rangel

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails